OIA - Organización Internacional Agropecuaria | Servicio Internacional de Certificación
OIA - Organización Internacional Agropecuaria | Servicio Internacional de Certificación OIA - Organización Internacional Agropecuaria | Servicio Internacional de Certificación

Perguntas frequentes

1. O que é o Senasa?

O Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar (Senasa) é o organismo descentralizado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca da República Argentina, encarregado de executar as políticas nacionais em matéria de sanidade, qualidade animal e vegetal, verificando o cumprimento da normativa vigente na matéria.

2. Qual é a relação da OIA com o Senasa?

A OIA, como organismo de certificação, é a primeira certificadora habilitada pelo Senasa para o Programa Nacional de Certificação Atributos de Qualidade em alimentos, sob a Resolução Senasa N° 280/2001 no Registro Nacional de Entidades Certificadoras de Qualidade em alimentos sob o N° 001. Por sua vez, a OIA está habilitada pelo Senasa para certificar produtos orgânicos de origem vegetal e animal, identidade preservada – Não-OGM, entre outros.

3. Por que certificar Atributos de Qualidade em Alimentos com a OIA?

Além de ser a primeira certificadora habilitada pelo Senasa para o Programa Nacional de Certificação Atributos de Qualidade em Alimentos, a OIA, junto a sua equipe interdisciplinar de profissionais, oferece ao operador um serviço qualificado, confiável e transparente em todo o processo de certificação. A OIA é uma empresa líder e altamente reconhecida em certificação de produtos agropecuários, com mais de 20 anos de trajetória. Conta com uma ampla gama de Programas de Certificação, respaldados em numerosas acreditações nacionais e internacionais. A OIA interage com os principais referentes do setor, e é membro de diversas instituições e associações.

4. Qual é a diferença entre a Resolução 280 e o Protocolo Privado de Atributos de Qualidade em alimentos?

A OIA oferece a certificação de Atributos de Qualidade em Alimentos sob duas modalidades: Resolução 280 Senasa e Protocolo Privado.

Resolução 280: o Senasa intervém no processo de certificação. Além disso, essa certificação é exclusiva para empresas da República Argentina e pode ser aplicada para todo tipo de alimento comercializado na Argentina e/ou em qualquer parte do mundo. Neste caso o protocolo é de caráter público.

Protocolo Privado: o Senasa não intervém no processo de certificação, e pode ser solicitado por qualquer empresa agroalimentar da Argentina e do mundo. Além disso, não é necessário apresentar o atributo como documentação.